CONHEÇA NOSSAS CERVEJAS

Conheça nossas cervejas ............................ Tira dúvidas .. 1 .. 2 .. 3 .................... Adquira seu Equipamento ............................ Fórum

Como usar seu KEG .. 1 .. 2 .. 3 .. 4 .. 5 .. 6 .. 7 ............ Calcule seu Priming ................ Processo Cervejeiro .. 0 .. 1 .. 2 .. 3 .. 4 .. 5 .. 6 .. 7 .. 8

............................ Encomende seus Kits e Copos ............................

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Uma Irlandesa bem gostosa made in Campinas

Mandamos muito bem logo na primeira tentativa, repetimos a receita da de trigo para confirmar e ficou ótima também, ou seja, já temos uma receita garantida, mas decidimos mudar o tipo de cerveja da próxima produção, escolhemos uma STOUT que resultou em uma cerveja encorpada e densa.

Tomando por base os parâmetros internacionais de classificação das cervejas, a "nossa" stout se encaixou neste estilo:


Mesmo tendo acertado no estilo, o que mais me agrada na fabricação artesanal de cervejas é a possibilidade de criar, sem nenhum limite ou regra comercial, criamos receitas que nos agradam e depois coletamos informações de apreciadores, amigos, familiares e até de pessoas que não gostam de cerveja (parece impossível mas elas existem...), de forma a verificar a aceitação de um possível produto a ser comercializado.

Produzimos 50 litros de stout embarrilamos 30 e engarrafamos o restante, foi uma boa surpresa, pois a cerveja agradou muita gente que torcia o nariz para cerveja escura, aliás, pelo amor de Deus, aos que colocam tudo na vala comum, tirem da cabeça que cerveja escura é Malzbier, ouço isso quase tanto quanto a outra pérola sobre cerveja que já publiquei aqui, há muitas variedades de cerveja escura, a docinha que "aumenta o leite" é somente uma delas e com certeza não ocupa uma boa posição em termos de qualidade e relevância, não estou aqui depondo contra, pois cerveja boa é aquela que você gosta, isso serve pra vinho, vodca e qalquer outra coisa, de nada vale pagar centenas de reais por algo que alguém diz que é bom e você não gostar, quero somente alertar os generalistas para que não blasfemem mais contra a sagrada cerveja nossa de cada dia.

Ficha Técnica da Nossa Foreign Stout

Data de fabricação: 08/nov/2009
Produção: 50 litros
Rendimento: 72%
Teor alcoólico: ~6,3° GL
OG: 1060
FG: 1013
IBU: ~38 IBU-calculator
SRM: ~42 SRM-calculator

Segue um pequeno vídeo onde vocês poderão apreciar, ou imaginar, como ficou essa pérola negra. O vídeo foi feito a partir de um telefone celular, por isso, desculpem pela qualidade da imagem.

"made in Campinas"

3 comentários:

  1. êêêêê eu quero um ingresso pra ver "in loco" todo esse processo.

    Que sedeeeeeeeee.

    E a Greici babou nesse vídeo, aliás nós.

    Sede!

    ResponderExcluir
  2. Eu acompanhei o processo de fabricação, Fábio.

    É um trabalho combinado do olho cervejeiro do Breda com o capricho do Riva em Campinas.

    Eu pude provar duas cervejas EXCELENTES elaboradas pela dupla: uma Hefeweizen (em alemão, Hefe significa levedura e Weizen significa trigo) e uma Red Ale.

    A Stout também promete, mas aguardemos com paciência os próximos passos e a vigilância do Riva.

    As brejas do Breda chegaram para ficar :D

    ResponderExcluir
  3. Mais que o processo,acompanho desde o começo as cervejas do breda...(certo,Mah!)....
    Desde o sonho até a realização!.....
    E conforme a postagem:

    "As brejas do Breda chegaram realmente para ficar".........

    Mais do que técnica......
    Mais do que sonho........

    Estamos falando de cerveja de qualidade!

    Elaborada, para cada paladar....aos cuidados dessa dupla perfeita de cervejeiros.

    Bjos......Parabéns!.....

    Cris(BB)

    ResponderExcluir

Muito obrigado por seu comentário! O Blog "Breja do Breda" é feito pensando em você!